Res#3 – LAB: Trilhas e Caminhos Sonoros (IV)

Aula 4 – Sobre Trilha Original e Design Sonoro

  • música original

  • som direto

  • diálogos

  • efeitos sonoros

  • Música original

      O termo trilha sonora às vezes é usado erroneamente para se dirigir as músicas presentes em um filme. O termo oficial seria trilha original ou música original.
      Discutimos aqui sobre músicas compostas especialmente para filmes e a liberdade de compor especialmente para um personagem, ação, ambiente, etc.

    Quais são algumas das funções da música original?

    • ativar emoções: tensão, desconforto, incomodar, felicidade, surpresa….
    • narrar/dar tom a um acontecimento: uma morte, uma perseguição, cena cômica, um diálogo, um alivio, uma festa…
    • descrever um movimento: acelerar uma situação, acalma-la, etc. Por exemplo música acelerada pode intensificar a perseguição, etc. Em cenas de ação é muito comum buscar-se uma supervalorização das ações e atitudes dos personagens.
    • descrever um período histórico em que se passa o filme ou sugerir a localização geográfica dos personagens.

    A seguir, veremos um estudo de caso da música original do filme Tropa De Elite que foi usada por policiais em Pernambuco para motivar a violência em uma ação de controle de uma rebelião em presídio. Esse vídeo é da reportagem no Jornal Nacional.

    Abaixo segue uma playlist no youtube de várias músicas originais compostas para filmes que fizeram a história do cinema:

    Som direto – Ambiência

    É a captação do som diretamente de/para uma cena. Muito utilizada em documentários ou na construção da cena e do ambiente em filmes de ficção. São sons constantes e não necessariamente relacionados com ações da cena como o som do interior de uma casa, shopping, escritório ou externo de uma esquina, uma praia, uma nave espacial…

    Como o próprio nome diz, é a parte do áudio do filme que ambienta as outras ações. Pode ser realmente o som direto gravado no próprio local, como uma composição ou manipulação que pode causar estranhamento, ou até, desempenhar papel dramático no filme deixando de ser uma sugestão da realidade para ganhar valor poético, como um vento batendo nas folhas que acaba virando uma harmonia ou sonoridade.

    Diálogo

    Como o próprio nome diz, o diálogo traz a voz dos personagens.

    • captação direta - através de microfones combinados com a câmera, os diálogos são gravados simultaneamente com as imagens.
    • dublagem – depois das cenas filmadas e prontas, os atores e atrizes vão novamente ao estúdio para atuar assistindo ao filme que gravaram anteriormente. Somente as vozes são gravadas e depois sobrepostas na edição.
    • “em off” - uma voz que geralmente narra alguma coisa. A voz não tem sua fonte sonora na ação em cena. Ela funciona como um pensamento, uma contextualização, uma introdução, uma explicação.

    Efeitos Sonoros ou Desenho de Som

    Desenho de som ou sonoro (em inglês: sound design) é a criação, manipulação e organização de elementos sonoros de uma composição audiovisual. De uma maneira geral, pode se referir a organização de todos os sons do filme, como uma direção de arte sonora. Mais popularmente é o processo que reproduz o rugir de um tiranossauro, ou o som de uma arma-laser, o tiroteio de uma batalha, portas abrindo, ambiências, ou ainda, a voz de um robô ou máquina.

    Os desenhistas sonoros usam varias técnicas. Uma das mais básicas e fundamentais do cinema moderno é o foley ou dublagem de efeitos sonoros: a arte de regravar o som de passos, gestos e atitudes das pessoas em cena, com o objetivo de incrementar a qualidade do som das cenas, que, muitas vezes, tem baixa qualidade de áudio. Muito usado em rádio-novela, animações e filmes de uma maneira geral. Nas animações por exemplo, todos os sons são foley e efeitos sonoros uma vez que todas as ações são geradas em computador, desenho, fotos, montagens…

    Os sons do foley que dublam as sonoridades de objetos e ações são conhecidos também como “efeitos editoriais”: portas, ruídos, campainhas, maquinas, carros, etc.

    Já os efeitos sonoros ou efeitos principais são todos os sons criados com o objetivo de destacar movimentos e ações, facilitar o entendimento de uma cena, valorizar sensações ou enriquecer a linguagem e dinâmica. Esses efeitos geralmente envolvem um trabalho mais profundo de pesquisa e produção já que têm que misturar vários sons e técnicas para criar rugidos de dinossauros, espadas lasers, naves, terremotos, movimentos de câmeras especiais, espadas…

    O primeiro filme a receber o Oscar de melhor Design Sonoro foi Apocalipse Now de Francis Ford Coppola e trilha/desenho sonoro de Walter Murch.

    Abaixo segue uma playlist do making-of e bastidores da produção de uma das trilhas sonoras mais aclamadas da história do cinema:

    Falando agora sobre efeitos sonoros, sem dúvida o filme que tem o desenho sonoro com mais fans da história do cinema é Guerra nas Estrelas (Star Wars). Os efeitos sonoros das guerras intergaláticas, naves espaciais, vozes das criaturas, explosões, máquinas foi pioneiro em sons sintéticos para o grande público.

    Abaixo um vídeo com os 10 efeitos mais famosos do filme:

    E, para finalizar essa aula, O EFEITO SONORO MAIS REPRODUZIDO, IMITADO, SAMPLEADO E FANATIZADO do filme em ordem cronológica de todos os aparecimentos na série Guerra nas Estrelas:

    Referência principal para os textos acima:

    • BERCHAMNS, Tony. A Música do Filme. 2000, São Paulo. Ed. Escrituras.

    Comments are closed.