Res#3 – Apresentação: ‘Do Áudio ao Bending: trilhando rumos sonoros’

Todas as trilhas são sonoras. Quando ocorre a ativação do ouvido pensante enquanto instrumento de compreensão das dinâmicas do cotidiano, entende-se que todos/todas estão imersos em um continuum sônico em constante composição e atualização. Além da compreensão das sonoridades do cotidiano como potencial fonte sonora, com poucos recursos é possível construir diversos intrumentos eletrônicos simples para gerar sons. Seja qual for a origem sonora, a relação com o computador adentra o universo das modelações digitais, sotwares e intrumentos virtuais que além de possibilitar a manipulação/gerenciamento desses materiais, pode servir também para programar relações interativas entre o universo dos orgânicos, eletricos, eletrônicos e digitais.

Durante os próximos dois meses, os artistas Vanessa De Michelis e Manuel Andrade (fundadores do coletivo Azucrina Records) vão trocar as ladeiras de Belo Horizonte (MG) pelo ensolarado cerrado tocantinense. Selecionados para a 3ª edição do Circuito de Residências em Educação Arte e Tecnologia do projeto Telinha de CinemaResTelinha, os dois artistas mineiros vão desenvolver bancos sonoros de efeitos e texturas, a partir da criação de sintetizadores e objetos sonoros analógicos e digitais. O objetivo é compartilhar com jovens artistas de Palmas as técnicas, tecnologias e experiências estéticas.

As vagas são dedicadas a adolescentes egressos do Curso de Vídeo de Bolso do próprio Telinha de Cinema, além de músicos, produtores, estudantes e acadêmicos interessados. A inscrição é gratuita e deve ser neste link. A iniciativa é realizada pela ONG Casa da Árvore, com apoio da UFT (Universidade Federal do Tocantins) e o patrocínio da Vivo e da Petrobras, através do programa Desenvolvimento e Cidadania.

Os encontros acontecerão na sede do projeto, que fica no Jardim Aureny I (veja o mapa embaixo), bairro da capital tocantinense onde os artistas residirão pelo período de 2 meses. Segundo Vanessa De Michelis, a expectativa é de “levar aos participantes a compreensão de que a gravação de sonoridades do cotidiano e construção de circuitos eletrônicos simples são potencialmente fontes para composição sonora”.

Programa

Tema 1 – Som e Significado

  • Fundamentos do áudio: aptação, registro e reprodução.
  • Percepção sonora: noções gerais de Semiologia e Gestalt aplicados à escuta.
  • Trilha sonora: relações entre imagem e som.
  • Escuta e análise de paisagens sonoras típicas e atípicas da cidade e de espaços [Schaffer e Blesser].
  • Aspectos físicos da onda sonora: frequência, amplitude, meios de propagação]
  • Aspectos perceptivos/cognitivos da escuta: silêncio, som, ruído, ritmo, harmonia e desarmonia.

Tema 2 – Fontes Sonoras Eletrônicas

  • Noções básicas de eletrônica e técnicas de soldagem.
  • Construção de osciladores de onda
  • Sistemas Interativos: gesto/resposta sonora.
  • Investigação de interfaces para controle dos parâmetros.
  • Introdução à composição musical e improviso a partir dos instrumentos criados.

Tema 3 – Timbres Analógicos

  • Construção de um Amplificador Controlado por Voltagem e um Gerador de Envoltória Sonora.
  • Retomada do trabalho de composição musical e improviso com os novos instrumentos gerados.

Tema 4 – Escuta Aumentada / Paisagem sonora/ Found sounds

  • Introdução aos microfones, tipos e utilização.
  • Introdução ao conceito de objeto sonoro [Schaffer].
  • Exercícios de captação.
  • Construção de microfones de contato e exercícios de captação e comparação de resultados.

Tema 5 – Audio Digital – Bancos Sonoros

  • Organização e tratamento dos materiais para criação de banco de sons.
  • Edição em software – sampleagem.
  • Sample rate/ tratamento.

Tema 6 – Trilhas Sonoras/ Musica Ambiente/ Instalações

  • Investigação de timbres, seus efeitos e intenções.
  • Fontes sonoras/ Efeitos especiais/ Sonorização.
  • Composição musical com bancos/fontes sonoras próprias.
  • Instalações Sonoras.

Mapa do espaço Telinha de Cinema em Palmas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>